Capitulo 5- Parada em Mônaco


Na divisa da França com a Itália, la está o segundo menor Estado do mundo, o pequeno, mas poderoso Principado de Mônaco, que só perde em tamanho para o Vaticano, com area aproximada de 2 quilômetros quadrados debruçado sobre o mar Mediterrâneo. o Principado de Mônaco é dividido em quatro regiões em uma geografia acidentada e com muitos sobes e desces: Mônaco-Ville: no alto do penhasco, onde fica o Palácio dos Grimaldi, familia que fundou o Principado - François Grimaldi conseguiu entrar na antiga fortaleza ali existente disfarçado de monge franciscano e abriu os portões, liberou a entrada para seus soldados e assumiu o controle do forte que estava em poder de uma facção italiana. É por isso que ainda hoje, o brasão de Mônaco tem a imagem de dois monges franciscanos. Condamine, na parte mais de baixo, logo após o famoso tunel do circuito de F1 que passa abaixo do iconico hotel Fairmont, e sai ao redor de Port Hercule, area dos iates Monte Carlo: parte superior, onde fica o cassino e o famoso (e caro!) Café Paris e por fim, Fontvieille, que é uma área mais comercial Pensar em Mônaco remete imediatamente a luxo, F1, ao cassino Monte Carlo, a iates fenomenais e a badalada família real. Mas, além disso tem muito mais.. uma boa pedida é o Museu Oceanográfico que foi fundado pelo príncipe Albert I no início do século XX e por muitos anos foi dirigido por Jacques Costeau. O ingresso custa 14 euros para adultos. Praia tem, Larvotto, mas é uma praia artificial. É gratuita, coisa dificil na Cote d’Azur, onde muitas praias são pagas ou até mesmo fechadas ao público, mas o charme mesmo é passear num barco e curtir os cantinhos secretos da Riviera Francesa ou da Ligúria. Vale visita ao jardim japonês e jardim das Rosas, homenagem à princesa Grace Kelly Em Monaco-Ville, visite o Palacio do Principe, construido em 1200 sobre um penhasco.. la aproveite o Jardim de Rosas da Princesa Grace, e fora do palácio descendo até Monte Carlo, veja também o jardim do Casino e descendo um pouco mais, proximo ao mar, o jardim japones. Pra comer, va sentido oposto ao tunel e até o Sporting Monte-Carlo, la dentro vale experimentar as delicias italianas do La Tratoria d’Alain Ducasse, dentre excelentes e caras opções do Principado, este é um ótimo custo benefício; e lindo.. tem um visual descontraído, aberto e com vista para o mar, comida com inspiração no estilo Toscano, mas somente abre no verão 


11 views

Recent Posts

See All